10 vezes que a arquitetura mudou sua vida

10 vezes que a arquitetura mudou sua vida

10 vezes que a arquitetura mudou sua vida

Por que fazer um projeto arquitetônico?

Na hora de construir ou reformar um imóvel é preciso planejamento, e arquitetura pode te ajudar nisso! O papel do arquiteto é achar soluções para o ambiente, adequando para que cada detalhe se resuma na clássica junção do útil ao agradável. Porém ainda existem muitos tabu em relação à contratação de um arquiteto no momento da obra, por isso, listamos aqui 10 maneiras que a arquitetura pode mudar sua vida com a ajuda da arquiteta Kallycia Bose, do escritório Bose Bento!  

 

1 – Ergonomia 

A arquitetura é conhecida por ser uma área detalhista. O conforto e a saúde são prioridades e para chegar nesse resultado, a ergonomia é fundamental. O arquiteto pensa até na altura certa dos móveis, prateleiras, objetos, interruptores, torneiras, entre outros detalhes para que você possa usar com conforto, sem que precise forçar o corpo. A ideia é que tudo seja prazeroso e confortável no seu lar! 

 

2 – Circulação 

Mesmo que seja um lugar pequeno, existem maneiras de aproveitar melhor o espaço. A arquitetura e o design de interiores pensam nisso por você! A circulação dentro dos ambientes é algo que precisa ser calculado, isso pode variar de acordo com o ambiente e com as necessidades do cliente. Como por exemplo, num lar em que um dos moradores utilize cadeira de rodas, as portas devem ter uma largura adequada e um pouco maior do que as padronizadas. Ou até mesmo em uma simples quitinete, os móveis precisam ter tamanho adequado e posicionados de forma que não provoque acidentes e que os moradores tenham espaço para circulação. 

 

3 – Iluminação 

A iluminação é algo muito importante, pois ajuda na visibilidade. Ela pode ser pensada de maneira que evite gastos futuros em relação à energia, e ainda contribuir com o meio ambiente. A iluminação pode ser natural, quanto mais janelas, e posição das aberturas da casa, menos iluminação elétrica precisará ser usada. Outra dica também que a arquiteta Kallycia Bose é a utilização de luzes brancas em recintos que requerem atividades “a iluminação branca imita o sol do meio dia, e por isso deve ser usada em ambientes que o cliente usará durante o dia, como o home-office.” Exemplifica.

É recomendável que se utilize por exemplo: em escritórios, closets, mesas de maquiagem.”Já a iluminação amarela, imita o sol do início da manhã e do final da tarde, por isso a noite é muito mais interessante usar essa iluminação, assim seu corpo vai se acostumando com o fim do dia e se preparando para uma boa noite de sono.” conclui a arquiteta. Para as luzes amarelas os ambientes ideais são os quartos ou salas para dar um ar de aconchego. 

 

4 – Térmica e acústica 

Morar em um apartamento no primeiro andar pode ser uma dor de cabeça se o vizinho tiver uma banda que ensaia todo noite, né? Não, com a arquitetura! O projeto arquitetônico vai pensar em TUDO mesmo! Como por exemplo evitar que os sons de outros ambientes não ultrapasse as paredes. Sem contar com a térmica, pois se a sua cidade for muito quente no verão e muito fria no inverno, vai ser a arquitetura que vai auxiliar na escolha dos acabamentos de acordo com a sua região, tanto para proteger os moradores, como para aproveitar o que o lugar oferece de melhor. 

 

5 – Espaço

Existem alguns truques que fazem com que as coisas pareçam ser o que não é… mágica? Não, arquitetura! A arquiteta Kallycia dá algumas dicas para aqueles espaços que são pequenos parecerem um pouco maiores! Ao pintar a parede, escolha sempre cores claras, elas dão ar de abertura, aumentam visualmente o tamanho do espaço, assim como usar espelhos nos ambientes contribuem para abrir os horizontes…

 

6 – Aproveitamento e reaproveitamento

Sabe aqueles espaços que serviriam apenas para acumular poeira? Eles podem ser resinificados. Associar o armazenamento a móveis pode ser uma boa estratégia para aproveitar espaços. Aquele espaço embaixo da cama, por exemplo, pode virar armário ou talvez gavetas inferiores que podem ser revestidas de maneiras que possam passar despercebidas (e poder guardar aquela baguncinha visível para receber uma visita). 

 

7 – Inteligência

Seu lar pode ser mais que um simples lugar para dormir, é um lugar de conforto, segurança, diversão, entre outros sentimentos que definem uma moradia. Com auxílio da tecnologia, as construções estão muito mais inteligentes, isso entra em um contexto de comodidade. Existem inúmeros aparatos que fazem a casa ser inteligente, como por exemplo o reaproveitamento da água da chuva, da luz solar, junção de comandos em apenas um botão. A automação residencial está cada vez mais democratizada, por isso acesso à controles universais, modos de economia de energia, entre vários outros, são opções que o arquiteto pode colocar no orçamento visando custo e benefício futuro. 

 

8 – Acompanhamento

O trabalho de um arquiteto é muito mais que planejar, a verificação da obra também faz parte das tarefas. O arquiteto pode ser o responsável por contratar mão de obra qualificada. Se solicitado, o serviço de acompanhamento e administração de obras será realizado também pelo especialista, que guiará os profissionais a realizarem da maneira que foi projetado. Portanto, evita maiores dores de cabeça com erros e atrasos nos serviços. 

 

9 – Estilo

Além de pensar em TODOS os detalhes da sua obra, o arquiteto ainda trás os desejos de estilo do cliente. Sabe aquela parede de tijolinho que você sempre sonhou, ou aquela cozinha igual do filme que você assistiu? Seu desejo é uma ordem! Além de ajudar com palpites funcionais, o arquiteto vai trazer o ar agradável ao seu ambiente, imprimindo a personalidade do cliente na obra também. 

 

10 – Economia

Contratar um arquiteto lhe parece uma ideia cara? Pois saiba que não contratar, pode pesar muito mais o seu bolso! Justamente pelos cálculos, por essas soluções citadas acima e o estudo sobre qualidade de vida, o arquiteto vai evitar problemas futuros, pensando em soluções permanentes ou minimamente duráveis. Além de auxiliar na escolha dos materiais que tenham custo-qualidade adequado aos desejos do cliente, e o melhor: prever desde o início, todas as instalações hidráulicas e elétricas evitando re-trabalhos ou erros que podem custar grandes valores. 

Portanto a pode ser mais importante que se imagina! Arquitetura é qualidade de vida, diminui inúmeros problemas, concentra multi-soluções e o melhor: cabe no bolso! Nós fazemos o estilo BTS, projetamos seu empreendimento da maneira que deseja! Entre em contato conosco! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

O que você procura?