A importância das cores no ambiente

A importância das cores no ambiente

A importância das cores no ambiente

As cores influenciam muito na percepção do ambiente, nas emoções e sensações dos seus clientes, e também na dinâmica do trabalho. É de extrema importância que você use as cores certas e saiba combiná-las de maneira adequada para obter um resultado eficaz na experiência de cada cliente ao se conectar com sua empresa.

Para falarmos mais sobre o assunto covidamos o Arquiteto e Urbanista Sérgio Borges, formado na Univesidade de Brasília (UNB), Especialista em projetos para ambientes de trabalho pela Gepr. ArbeitsplatzExperte da Mensch&Büro Akademie, estudante de Neuroarquitetura e suas aplicações, Lighting Designer e Pós-Graduado em projeto de arquitetura assistido por computador.

A Neuroarquitetura é uma ciência que busca compreender e mapear os impactos do ambiente físico no comportamento humano, um dos pilares desta ciência é entender nosso principal sentido quanto à percepção de um ambiente, a visão. Sobre esse sentido, temos primordialmente a influência das cores por meio de combinações, ou até mesmo por uma presença solitária, as cores de um ambiente acabam gerando sensações que direcionam nossos sentimentos e seguramente compõem a atmosfera de um espaço.

Pesquisas comprovam que pelo uso das cores pode-se induzir a pessoa a sentir-se mais relaxada, mais atenta, com maior apetite, maior concentração, alegre, triste, mas, claro que estamos tratando de seres humanos, e nesse contexto, a história de vida de cada um também influencia nas percepções e sentimentos despertados por cada cor. Mas, a ciência possui um mapeamento geral sobre a influência das cores sobre a maioria das pessoas.

É na recepção onde se gera a primeira impressão da empresa, por isso é de extrema importância que se utilize as cores e combinações adequadas. É importante identificar o ramo da empresa, estamos falando de uma empresa de tecnologia, um escritório de advocacia, uma clínica médica, uma startup ou um clube de motoqueiros? A cor se acrescenta à outros fatores para dar significância ao ambiente e passar uma mensagem e definir o conceito daquela empresa.

No geral, considerando uma recepção onde os visitantes vão passar um tempo aguardando atendimento e já formando um conceito próprio sobre aquela empresa e seus serviços, seria recomendado o uso de cores que possam trazer maior tranquilidade aos seus visitantes, dessa forma, se recomendaria evitar cores como o preto, marrom e outros tons escuros. Estas cores acabam tendo um potencial a deixar as pessoas mais deprimidas. Lembrando que esta não seria uma regra escrita em pedra, o arquiteto encarregado terá a sensibilidade de entender a demanda específica de um projeto. É totalmente possível termos uma recepção impecável e agradável, predominantemente na cor preta.

Caso esteja buscando criar um ambiente mais leve, opte por cores e tons leves, um bege claro nunca deixará um ambiente pesado. Uma vez que a ideia seja ousar e dar uma “temperada” no espaço, o amarelo sempre é agradável à percepção humana, o laranja traz um ar de juventude, sendo também uma cor complementar ao azul, que por sua vez é uma cor nobre e em seus diversos tons traz uma sensação agradável de amplitude.

Um profissional experiente tem sensibilidade ao criar um conjunto de combinações de cores que dão uma “vibe diferenciada” ao ambiente e consequentemente levam o cliente à uma experiência agradável e reconfortante. Às vezes estamos em um local e percebemos um sentimento de bem estar, de tranquilidade, até sem dispor da compreensão destas percepções que provavelmente foram geradas pelas cores daquele ambiente.

Agora que você já compreendeu a importância das cores no ambiente, clique aqui e confira nossas redes sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

O que você procura?