Prédio recebe certificação LEED

Prédio recebe certificação LEED

Edifício da QI 15, no Lago Sul, da Empreendimentos Brasília conquista selo de construção ecológica 

 

O edifício da QI 15, no Lago Sul, assinado pelo arquiteto Eduardo Fittipaldi conquistou nesta segunda feira (31/08) o certificado LEED. O Leadership in Energy and Environmental Design (LEED) é um sistema internacional de certificação e orientação ambiental para edificações utilizado em mais de 160 países que possui o intuito de incentivar a transformação dos projetos com foco na sustentabilidade de suas atuações. 

O selo atesta que o prédio obedece a rígidas normas de aproveitamento de material, economia e sustentabilidade em suas áreas comuns, sistema de ar condicionado e estrutura principal, dos elevadores às fachadas.

Nos 1.800 m² do último lote corporativo do Lago Sul, há visão do Lago Paranoá a partir da sala de reuniões e varanda. O prédio é revestido com uma fachada escura ventilada com painéis LAMINAM. O material é térmico, auto-limpante e requer pouca manutenção.

Os jardins que cercam o QI 15 têm  baixo consumo de água, fornecem sombra e de espécies típicas do cerrado. O QI 15 tem, ainda, sistema independente de armazenamento e reuso de água, além de painéis fotovoltaicos que preconizam a automação predial. E o mais importante: agora, tem o selo LEED, ou seja, é notadamente um empreendimento ecológico, que segue as rígidas regras utilizadas para green buildings ou edifícios verdes, com mais de 170 mil m² certificados diariamente. 

Os projetos que buscam a certificação LEED são analisados em oito fundamentos: projeto integrado; localização e transporte; implantação; eficiência do uso de água;  energia e atmosfera; materiais e recursos; qualidade ambiental interna; inovação e créditos regionais.  

 

Benefícios da LEED

A certificação traz alguns benefícios para o empreendimento e para a empresa certificada, como diminuição de custos operacionais, valorização do imóvel, aumento na velocidade de ocupação, aumento da retenção, entres outros. 

Além disso, melhora a segurança dos trabalhadores e ocupantes, capacitação de profissionais, aumento da produtividade, aumento da satisfação dos usuários. Por fim, no que diz respeito à questão ambiental, agrega o uso racional de recursos naturais, de materiais e tecnologias de baixo impacto ambiental, redução, tratamento e reuso, entre outros benefícios que a natureza agradece.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

O que você procura?